Representantes da OPAS/ OMS fazem documentário sobre trabalho de médicos cubanos em Nova Friburgo

unnamed (1)Na última segunda-feira (8), o Secretário de Saúde de Nova Friburgo, Luis Fernando, recebeu representantes da OPAS/OMS  (Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde), que vieram a Nova Friburgo realizar um documentário sobre a rotina de trabalho e adaptação dos médicos cubanos participantes do Programa Mais Médicos para o Brasil.

Em Nova Friburgo, a equipe visitou as unidades de Riograndina e Cordoeira e pôde acompanhar de perto  o dia a dia dos médicos, assim como a receptividade e respaldo da população local ao trabalho deles. As gravações foram marcadas pela emoção e gratidão dos médicos cubanos em relação à receptividade que tiveram em Friburgo, assim como o apoio e carinho que estão recebendo desde a chegada à cidade em abril último. Os resultados estão sendo percebidos pela população, que fez questão de participar do documentário e destacar o carinho e dedicação dos médicos.

Segundo a médica Idania Martinez (Unidade do Cordoeira), o acolhimento da população e o vínculo criado com os pacientes da localidade são fundamentais para desenvolver um trabalho de atenção integral à saúde. “Pudemos resolver em torno de 90% dos casos, evitando que estes pacientes recorram a outras unidades e hospitais. Vemos o paciente de uma forma mais completa e menos hospitalar. Esse envolvimento e conhecimento dos pacientes são fundamentais para nosso atendimento”, declarou a médica.

A unidade de Riograndina, assim como Cordoeira, conta com dois médicos cubanos, que atendem e acompanham a comunidade local diariamente. O médico Reinaldo Vidal, que atende em Riograndina, descreveu como prazerosa e estimulante a rotina de trabalho e convivência com a comunidade, além de informar que a demanda de consultas atrasadas do bairro já foi resolvida. Também foi organizada a agenda de atividades para o bairro, como por exemplo a visita aos acamados e famílias, incentivo a atividades físicas, palestras realizadas no próprio posto de saúde e o trabalho de pré–natal, entre outras.

O Secretário Luís Fernando ressaltou a qualidade do atendimento prestado por estes profissionais, especialistas em saúde da família, com anos de experiência e resultados comprovados em diversos países que enxergam na atenção básica o pilar da saúde de qualquer país ou região.

“Eles superaram todas as adversidades, como a língua e cultura diferentes, e estão prestando um serviço de excelência em nossa cidade. Em cinco meses de gestão já estamos dando dignidade e um atendimento mais humanizado aos pacientes de Nova Friburgo e região. Passamos de 14 para 34 médicos clínicos atuando em atenção básica”, declarou Luis Fernando.

FONTE: Prefeitura de Nova Friburgo
http://www.novafriburgo.rj.gov.br/

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *