Secretaria de Saúde alerta para aumento de casos de gripe durante a Copa

Dengue apresenta baixo risco de transmissão nos meses do evento

gripe_na_copa_do_mundoA poucos dias da Copa do Mundo FIFA 2014, a Secretaria de Estado de Saúde faz um alerta para um possível aumento na incidência de doenças infectocontagiosas durante o evento. O maior alerta é para a gripe.  Os casos de Síndrome Respiratória Grave, em sua grande parte ocasionados pelo vírus Influenza, têm um pico histórico de ocorrências no mês de julho. A vacinação, principal forma de prevenção contra a doença, termina neste sábado, 24 de maio, sem atingir a meta inicial do Ministério da Saúde, de imunizar 80% dos grupos prioritários no Rio de Janeiro. Mesmo depois de duas prorrogações, apenas 64,25% das crianças de 6 meses a 5 anos se vacinou até agora.

Segundo o órgão, o aumento do fluxo de pessoas de diversas partes do mundo em locais de grande aglomeração é um dos fatores que favorecem a disseminação e a introdução de doenças. A Secretaria também está em alerta para monitorar um possível aumento nos casos de febre amarela e malária.

– A circulação de pessoas em um mesmo local, mesmo que por pouco tempo, pode levar à introdução e disseminação de doenças, gerando um possível aumento da demanda por serviços de saúde. A Vigilância Epidemiológica já está preparada para isolar e tratar pessoas que fiquem doentes e para realizar um trabalho preventivo junto a outras que possam ser contaminadas – afirma Alexandre Chieppe, superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde.

Dengue – Por outro lado, a dengue, que foi uma das principais apreensões dos organizadores do evento, apresenta risco baixo de transmissão no estado do Rio de Janeiro. Os números de 2014 refletem uma redução de 97% no número de casos em comparação ao que foi notificado no mesmo período do ano passado. A partir da análise da série histórica da doença no estado, a Secretaria espera uma queda ainda mais significativa de notificações de dengue a partir do mês de junho.

Planejamento para Copa – Um plano operativo, integrando as secretarias de Saúde do Estado e do Município do Rio de Janeiro e o Ministério da Saúde foi elaborado para organizar as ações na área de saúde durante a Copa do Mundo FIFA 2014. O planejamento foi criado com base na experiência adquirida na organização de outros eventos oficiais de grande público, como o Réveillon e Carnaval e, mais recentemente, a Copa das Confederações e a JMJ 2013.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *