Vigilância Sanitária começa inspeção do Carnaval de Rua

Técnicos vão visitar os estabelecimentos das principais rotas dos foliões

A partir deste sábado, dia 16, bares, restaurantes e hotéis localizados nas vias onde os blocos de carnaval de rua do Rio se concentram vão ser inspecionados pela Vigilância Sanitária municipal. O objetivo é coibir a comercialização de alimentos prejudiciais à saúde dos foliões.

Também serão inspecionados os clubes e casas de show que realizam espetáculos durante a folia. Todos os estabelecimentos receberão inspeções de cunho educativo, em que os técnicos do órgão municipal vão orientar proprietários e funcionários a manter o local e a manipulação dos alimentos dentro das normas higiênico-sanitárias exigidas.

As inspeções acontecem até o dia 29 de janeiro. Caso o estabelecimento não siga as orientações iniciais, receberá multas e pode ser até interditado, sem previsão de reabertura. Já os alimentos considerados inadequados serão imediatamente inutilizados. No ano passado foram interditados quatro estabelecimentos, aplicadas 45 multas e inutilizados mais de 480 quilos de alimentos. Em 2014 foram quatro interdições, 26 multas e mais de 100 quilos de alimentos.

Além das inspeções, também haverá cursos de manipulação de alimentos para responsáveis técnicos e manipuladores de alimentos dos buffets, bares e lanchonetes do sambódromo. Os ambulantes que vão trabalhar na Passarela do Samba e os barraqueiros do Terrerão do Samba já foram capacitados com o curso “Noções básicas de higiene na manipulação de alimentos”.

A coibição da comercialização de produtos impróprios também pode ser feita pela população, através de denúncias à central de atendimento 1746. Todas as demandas serão encaminhadas aos técnicos da Vigilância Sanitária, que comparecerão aos estabelecimentos denunciados, para avaliarem as condições higiênico-sanitárias e, caso necessário, aplicarem as penalidades previstas em lei.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *