Hemorio inicia cursos de pós-graduação em Hemoterapia

O Hemorio, órgão da Secretaria de Estado de Saúde referência no estado do Rio de Janeiro para atendimento a pacientes com doenças no sangue, lançou dois cursos de pós-graduação gratuitos em Hemoterapia. As especializações, em Hemoterapia e Hemoterapia Multidisciplinar, atendem aos pré-requisitos do Ministério da Educação para cursos latu sensu e são destinadas a médicos e profissionais da área de saúde – enfermeiros, biólogos, farmacêuticos e biomédicos.

– O Hemorio é um exemplo em nosso estado pela importância do trabalho de excelência que executa. Com a criação desses cursos, a unidade reforça seu perfil de instituição de ensino, assim como já acontece no IECAC e IEDE, referências no Rio de Janeiro para o meio acadêmico – ressalta o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.

De acordo com o diretor-geral do Hemorio, Luiz Amorim, a unidade é um dos poucos hospitais do Rio credenciados pelo MEC que não tem ligação com universidades.

– Isso significa que a unidade pode emitir diplomas de mestrado, doutorado, especializações em geral. Há uma demanda muito forte por cursos de especialização na área de Hemoterapia, que é pouco ensinada nas faculdades, e existe um mercado de trabalho grande. Formar profissionais especializados ajuda a melhorar o atendimento à população – afirma Amorim.

Cada turma tem 25 vagas e conta com aulas práticas e teóricas realizadas no próprio Hemorio em pelo menos um final de semana por mês. O prazo de inscrições está encerrado e o curso multidisciplinar teve procura recorde: mais de 600 interessados. Com duração mínima de 360 horas, as aulas têm por objetivo capacitar profissionais para trabalhar em serviços de hemoterapia.

— É uma área crítica entre os médicos. Existem poucos com formação, faltam profissionais nas agências transfusionais. A especialização vai suprir essa lacuna. E o curso multidisciplinar visa dar uma formação melhor para enfermeiros, biomédicos, biólogos e farmacêuticos, que também trabalham nas agências sem formação prévia – complementa Amorim.

Os cursos foram desenvolvidos e serão ministrados por profissionais do Hemorio, em sua maioria.  Mas há professores convidados de instituições como a Fundação Oswaldo Cruz e outras universidades do país. Um dos módulos, o de gestão de serviços de hemoterapia, será dado por especialistas espanhóis.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *