Sistema de Informatização da Saúde já alcançou quase 100% das unidades

365e1c894653db3df15422863ba1cc45_LUm ano e oito meses após ter sido iniciado, o sistema de informatização na área da saúde já chegou a quase 100% das unidades da rede municipal. Postos e centros de saúde, hospitais, emergências e almoxarifado já estão informatizados. O sistema, além de agilizar o atendimento ao paciente com a criação do prontuário eletrônico, também irá aperfeiçoar o funcionamento da rede, permitindo o acompanhamento em tempo real dos contratos e das contratualizações e dos gastos com pacientes de outros municípios, além de facilitar o controle dos medicamentos e equipamentos disponíveis no sistema público do município.

“O sistema está funcionando e permitindo que toda a rede se integre. O importante agora é fazer com que os profissionais que atuam no sistema se apropriem desse mecanismo, que está permitindo a construção de um novo modelo de saúde em Petrópolis”, afirmou o prefeito Rubens Bomtempo, acrescentando que até o fim do mês os equipamentos começarão a ser instalados no último posto de saúde a ser informatizado, no Bonfim. “A rede conveniada também será integrada. Onze unidades já fazem parte do sistema”, lembrou o prefeito.

O secretário de Saúde, André Pombo, destacou a importância destas conquistas. “Neste período de implantação do sistema vencemos várias barreiras, incluindo as dificuldades topográficas e também a resistência das equipes à utilização do novo modelo. Muitos funcionários há anos trabalham de outra forma e é claro que houve grande dificuldade no início. Aos poucos estamos avançando, superando as barreiras uma a uma. A parceria com a Eco (empresa responsável pela implantação do sistema de informatização) tem sido fundamental para que alcancemos 100% das nossas unidades”, ressaltou. O diretor-presidente da Eco, Marco Aurélio Duarte da Silva, também destacou a parceria e a integração com departamentos da rede municipal de saúde. “A estrutura que foi montada permitiu evoluirmos na concretização do projeto. O trabalho em conjunto foi fundamental”.

Além da informatização das unidades de saúde, o sistema está implantado nas centrais de regulação de Leitos e Consultas. Até o momento, mais de 56 mil consultas e quase quatro mil exames foram agendados pelo sistema. Cem por cento das consultas de especialidades e dos leitos dos SUS também estão sendo regulados pelo sistema.

FONTE: Prefeitura Municipal de Petrópolis
http://www.petropolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *